Um Surpreendente Fato Sobre Colágeno

Hoje em dia podemos encontrar colágeno em qualquer canto ou bodega de produtos naturais. Esse suplemento virou febre e cada vez mais surgem novas opções e com isso aumenta também nossas dúvidas sobre o tema, como por exemplo:

  • Por que o colágeno se tornou um hype da beleza?
  • Por que ele faz tão bem para seus cabelos, unhas e sua pele?
  • Devemos ou não ingerir colágeno?
  • Como, quando e quanto tomar?
  • Qual o melhor colágeno comprar e por que?

Vamos futucar cada uma dessas perguntas nos tópicos a seguir.

Primeiro de tudo: O que é esse tal de colágeno?

O colágeno é a proteína mais abundante no corpo. Compõe os tecidos, articulações e dá à nossa pele força e elasticidade. Também desempenha um papel importante nos cabelos, unhas, ossos e revestimento intestinal. O colágeno não é considerado uma proteína completa, pois não contém todos os nove aminoácidos essenciais. No entanto, é uma proteína composta em sua grande maioria por 2 aminoácidos que nosso corpo produz: glicina e prolina.

A glicina que é a menina dos olhos de ouro. É nesse amino que os cientistas e pesquisadores focam na maior parte dos casos, para fazer testes e experimentos sobre os benefícios do colágeno.

À medida que envelhecemos, a produção de colágeno diminui. Essa perda gradual começa em torno dos 20 anos ou no início dos 30 e é um dos principais contribuintes para o processo de envelhecimento.

O primeiro sinal visual que conseguimos perceber geralmente são as rugas e marcas no rosto. Além da idade, muitos fatores presentes no nosso estilo de vida desempenham um papel importante na diminuição do colágeno no corpo. Com por exemplo:

  • A exposição ao sol
  • O álcool
  • O açúcar refinado,
  • Uma dieta inapropriada
  • E falta de suplementação adequada

Isso afeta consideravelmente a produção do nosso queridinho e aceleram o processo de envelhecimento. Não é de surpreender que a indústria de beleza percebeu como o colágeno é essencial, tornando-o ainda mais popular.

O Que a Ciência Diz Sobre os Benefícios do Colágeno?

A maioria das pesquisas sobre colágeno concentra-se na saúde da pele, articulações e ossos. E esses estudos são promissores! Como o colágeno degrada e a produção diminui à medida que envelhecemos, a pele começa a mostrar linhas finas e rugas. Estudos mostram que tomar colágeno pode melhorar a umidade, elasticidade e aspereza da pele.

Outra parte do processo de envelhecimento inclui juntas rígidas. Como o colágeno faz parte da cartilagem de nossas articulações, esse preenchimento começa a se desgastar à medida que envelhecemos. A pesquisa mostra que o colágeno ajuda as articulações a se moverem mais facilmente e reduz a dor associada à deterioração. Além disso, consumir-lo pode ajudar na cicatrização óssea.

Outras alegações feitas em relação à saúde intestinal, metabolismo e perda de peso também foram comprovadas cientificamente. A pesquisa se concentra nos aminoácidos específicos que compõem a maioria da estrutura do colágeno (glicina).

Infelizmente a maioria das informações cientificamente comprovadas sobre o colágeno estão em inglês, porém fizemos esse post para tentar explicar algumas delas.

Como Obter os Máximos Benefícios do Colágeno

As melhores fontes de colágeno vêm da ingestão de proteínas animais, como carne bovina, frango, porco, peixe e clara de ovo. O caldo de osso que seria o famoso mocotó é outra fonte de colágeno que você pode incorporar facilmente em sua dieta, porém e como ficam os veganos?

Como o colágeno é encontrado em animais, não existem fontes veganas, cientificamente comprovadas de colágeno No entanto, existem nutrientes que ajudam a apoiar a produção de colágeno. Vitamina A, vitamina C, zinco, cobre e ferro são todos necessários para a produção de colágeno. Para ingerir maiores doses sem se entupir de caldo de mocotó você pode tomar um suplemento.

O Collagen Plus, por exemplo, é uma maneira eficiente de tornar o consumo de colágeno um hábito diário. Curiosidade: é o primeiro suplemento no Brasil desenvolvido a partir das principais marcas dos Estados Unidos. E só chegamos nessa indicação após uma exaustiva pesquisa e após ter visto resultados reais. Se quiser saber um pouco mais clique aqui.

Por que esse suplemento seria o mais indicado?

Após lermos 28 artigos científicos americanos e analisar mais de 100 fórmulas tanto no Brasil quanto no exterior, chegamos a uma lista de requisitos que você PRECISA levar em consideração antes de comprar qualquer produto que contenha colágeno:

Requisito opcional: cápsulas gelatinosas. Facilita muito a ingestão principalmente quando é necessário consumir mais de uma vez ao dia e potencializar os resultados estéticos. Nada contra o colágeno em pó, mas é desagradável consumir. O gosto natural do produto não é muito bom e para ficar prazeroso geralmente precisamos misturar em sucos, vitaminas, etc…Nessa vida corrida não temos muito tempo pra isso certo?! Fica a critério.

Requisito obrigatório: Tem que ter uma alta concentração de colágeno tipo I! Ele é o responsável pelo fortalecimento de unhas frágeis, promove maior resistência, espessura, crescimento e brilho aos cabelos. Fornece a pele mais tônus, hidratação, e pode haver uma redução da flacidez cutânea. Possui ação antienvelhecimento. Trata dores articulares, artrose e osteoporose. Minimiza a ocorrência de lesões na terceira idade e em atletas, pois mantém o tecido articular mais hidratado e elástico

Requisito obrigatório: Tem que ser colágeno hidrolisado devido a melhor absorção pelo organismo.

Requisito obrigatório: Não pode conter nenhum dos elementos abaixo, pois são todos prejudiciais a saúde, principalmente se vc for consumi-los diariamente:

  • Acido cítrico
  • Aromatizantes
  • Maltodextrina
  • Dióxido de silício
  • Acessulfame K
  • Açúcar
  • Glúten

Requisito obrigatório: Tem que ser um produto registrado e aprovado pela ANVISA! Nem precisa explicar o por que neh!?

Requisito obrigatório: Tem que ser enriquecido com no mínimo vitamina C! Isso mesmo. A vitamina C é essencial no processo de formação e manutenção do colágeno no nosso organismo que sem ela absorve-lo seria impossível de ocorrer (P29). Basicamente se você tomar colágeno e não ingerir vitamina C de alguma forma, tudo será em vão. Inclusive seu dinheiro jogado fora.

Lei Isso Antes de Tomar Qualquer Coisa

A boa notícia é que o colágeno é geralmente seguro e bem tolerado. Lembre-se de que o colágeno não é uma fonte completa de proteína, portanto não deve ser usado como a principal fonte de proteica em pó em sua dieta e por esse motivo o Collagen Plus em cápsulas pode ser uma excelente alternativa. Pense nisso como uma apólice de seguro!

Por fim, é importante observar que se você tem algum tipo de distúrbio, por exemplo, se seu corpo não produz colágeno suficiente é importante que você consulte o seu médico antes de iniciar qualquer suplementação por conta própria, ok?

Como Escolher o Melhor Suplemento de Colágeno

Nem todo colágeno é igual. Como é um produto de origem animal, é importante escolher o colágeno de uma fonte respeitável. Procure colágeno proveniente de animais alimentados somente com capim, criados em pastagens ou peixes capturados diretamente na natureza e não em cativeiros.

Em seguida, escolha algo que funcione para você. A consistência é a chave para ver os resultados desejados. Se você já está tomando vitaminas diariamente pela manhã, é fácil incorporar uma forma de cápsula como o Collagen Plus à sua rotina existente e acordar se sentindo ainda mais linda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *